Obsessão Infinita – Yayoi Kusama

Oi Gente!

Esse fim de semana fomos na exposição que ta bombando na cidade, a Obsessão Infinita.

Achei curioso, perturbado e bonito.

A Yoyoi Kusama desde novinha começou a ver o mundo com muitas bolinhas, e essa coisa com bolinhas ficou séria e compulsiva, ela via bola em todos os lugares e coisas. Desde então começou a produzir pinturas, esculturas e imagens usando bolinhas para cobrir tudo. O que ela chamou de “obliteração”.

Chegamos lá no CCBB perto das 18hrs no sábado e tava bem cheinho, o Bruno até quis voltar outro dia, muito paciente like always, mas como já tínhamos ido até la, achei melhor ficar e ver logo. Por isso recomendo ir durante a semana se você puder, com certeza vai estar mais agradável.

De cara, fomos procurar a sala que tava mais vazia, dai fomos na sala de espelhos infinitos com luzes, que achei a melhor. Lá tem uma galeria com quadros na primeira parte que não pode fotografar e depois vem a sala de espelhos. Essa sala é bem legal, as luzes mudam de cores e se apagam completamente bem rapidinho.

foto (11) foto (13)

Depois fomos onde estão as enormes bolas rosas infladas, que é bem legal pra tirar foto e só heheh

foto (10)foto (16)

Depois, inevitavelmente, fomos pra uma fila grande que tinha. Mas até que andou mais rápido do que eu imaginava.

foto (5)

Essa fila era pra entrar numa galeria que tinha umas obras dela no térreo e no subsolo, com fotos, reportagens e esculturas de pintos  falos (como ela chama o membro) que também não podia tirar foto. E depois chegava na outra sala de espelhos infinitos com pintos falos, que são pintos falos bonitinhos de bolinhas vermelhas, eu como a pessoa inocente que sou, até pensei que eram coelhinhos fofos. No caminho da saída dessa mesma galeria tem a sala neon, que também é muito bonitinha, é como se fosse a sala de uma casa com bolota neon.

foto (2)foto (6) foto (7)

 

Saímos da sala de pintos falos e fomos pra última sala, que é bem legal, lá a gente interage com a exposição, eles dão adesivos pra você colar onde e como quiser. Como a exposição é recente, ainda tinha muito espaço em branco pra preencher. Eu adoro cores e cores combinam muito com fotos, quis fazer um book lá dentro kkk. Bruno adooora #sqn. Com o tempo eu vou compartilhando a minha saga de fazer ele tirar fotos minhas, e as constantes barganhas que SEMPRE rolam.

foto (9)  foto (14)foto (15)

Bom gente, é isso, quis mostrar com detalhes a exposição, se você tiver um tempinho vale super a pena a visita, é de graça e temos que aproveitar quando tem essas coisas legais pra se fazer em Brasília! Se você não tem carro, o CCBB tem um transporte gratuito que passa nos dias úteis e finais de semana em vários pontos e em vários horários.

E ah, desculpem pela qualidade ruim das fotos, estamos trabalhando em adquirir uma máquina boa para melhor atendê-los.

Beijos,

Ju.

Welcome!
Dica de passeio no Rio - Parque Lage

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.