Rolê na Chapada dos Veadeiros

Oi genteee!

Quanto tempo!!! Estamos meio relapsos com o site, eu sei eu seeei! Não é de hoje que ensaio voltar com as atividades daqui e não consigo sustentar, então sem promessas dessa vez! Vamo deixar rolar, né?

Esse mês foi aniver do Bruninho e ele não estaria comigo no dia pra gente comemorar e também estávamos p r e c i s a d o s de um tempinho off, só nós dois, bem relax, então resolvemos juntar tudo isso e tirar 3 dias na Chapada dos Veadeiros!

Já tínhamos ido pra Chapada duas vezes, mas nunca sozinhos, sempre fomos com amigos. Dessa vez fomos só nós, fizemos um roteiro delícia e tenho algumas dicas – e fotos ba-ba-do – pra mostrar pra vocês!

Saímos de Brasília já com um roteiro certinho em mente, os lugares que queríamos ir e os dias que separamos pra cada um deles. Mas não saiu exatamente como esperamos porque choveu, mas não significa uma coisa ruim, de jeito nenhum! A viagem foi maravilhosa e a gente curtiu muitooo!

São mais ou menos duas horas e meia daqui pra lá, a estrada é super tranquila e tem partes lindas de se ver! Chegamos em Alto Paraíso umas 10:30 e ficamos hospedados em São Jorge, a primeira parada fica entre as duas cidades: o Jardim de Maytrea! Uma paisagem super vibes e linda, perfeita pro book fujioka! hahah

O Jardim fica na estrada mesmo, tem uma mini trilha que leva até a vista das árvores, tava meio fechado e a gente achou um buraco na cerca e fomos lá fazer umas fotos!

Fomos até São Jorge deixar as malas, fazer check in e tudo mais. Já tava perto do almoço e fomos almoçar no Rancho do Waldomiro. Se você for pra lá, tem que ser parada obrigatória!! Conhecemos na primeira vez e é tipo tem-que-ir! Uma comida super simples, mas muito bem temperada e super saborosa!!! Lá eles servem Matula que é o carro chefe, arroz, paçoca, carne de lata, mandioca frita e salada. Tem duas opções pra você comer: prato feito e a vontade, que custam R$ 25 e R$ 35 respectivamente.

O dia não tava bonito, super nublado mas superr quente e abafado. Já tava nos nossos planos e conhecer a cachoeira Loquinhas, que é em Alto Paraíso e disseram pra gente que era de fácil acesso.

Chegando lá já fomos direto pro poço Xamã, que é simplesmente INCRÍVEL! O azul é surreal e inexplicável!!! Como era uma segunda feira, não tinha nenhum movimento, ficamos praticamente sozinhos durante todo o tempo que estávamos lá! Ficamos encantados com o lugar e com certeza vamos voltar!

Nessa época do ano fica seco, então tava sem queda e tinham dois poços completamente secos. Custa R$ 25 por pessoa pra entrar.

No segundo dia a gente tinha se programado pra ir no Parque Nacional mas choveu MUITO! Mas sem crise! Ficamos hospedados na Pousada Baguá e a estrutura deles é muito deliciosa! Tiramos o dia pra dormir muito, recarregar as energias e curtir a pousada e foi incrível!

A Pousada Baguá é uma super dica! As acomodações são muito confortáveis e ficamos nas Cabanas Zazu, é uma área separada super charmosa, com muitas árvores, passarinho cantando, uma redinha Mara e parece que tem sonífero no ar, porque era só eu chegar que eu dormia, independente da hora! hahaha

A noite fomos jantar na Pousada Casa das Flores lá na vila mesmo e não poderia ter feito uma escolha melhor pra acabar esse dia! Um friozinho pede uma comida quentinha e gostosa, né?

Não fizemos foto, mas tem um menu bem diferentão com combinações que surpreenderam a gente! Pedimos um Risoto que estava divino, super saboroso! Anota essa dica aí!

No terceiro e último dia fez um sol lindo mas já era hora de se despedir da pousada! 

Fomos curtir a Cachoeira São Bento, que a gente já conhecia e gostamos muito! Da primeira vez que fomos pra Chapada ficamos hospedados lá e gostamos muito! Tem três cachoeiras, as Almécegas I e II e a São Bento, sendo que a São Bento é a nossa preferida disparado, tem um poço enorme pra nadar e uma estrutura legal! O acesso as três cacheiras da fazenda custa R$ 3o por pessoa, se você for ficar só na São Bento que nem a gente, custa R$ 10 por pessoa.

E depois foi a hora de almoçar no Waldomiro de novo, dessa vez com a opção a vontade pra encher bem o bucho e pegar a estrada de volta!

Foi uma experiência maravilhosa essa viagem! Sem dúvida vamos voltar mais vezes e aproveitar esse lugar incrível que é tão pertinho e a gente vai tão pouco!

Se você ainda não conhece a Chapada, por favor, tire um tempo pra ir! Garanto que você vai se apaixonar!

Espero que tenham gostado – e lido – .

Beijos,

Ju.

 

NA PISTA COM A CRIPTA
#ALLMIXEDVIAJA SP HAMBURGUERIA TRADI

1 Comment

  1. Kel

    Ficou massa o post! <3

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.